sábado, 8 de março de 2008

Frases Famosas


Não consigo entender o tamanho sucesso da frase “O rato roeu a roupa do rei de Roma”. Por que esse sucesso? O que essa frase tem demais? Os erres? Se for por isso: O reitor rasgou a redação de Roger e releu a de Rui, rumou para a rua e repetiu o ritual de rir dos restos rasgados.
Ou poderia ser com esses:
- Seu Souza, o senhor é sexualmente semelhante ao Silvio Santos, ou serão somente seus sonhos?
T: Tudo traz tesão ao tarado, todavia todos tentam torna-lo terno.
F: O focinho do famoso filósofo Fofão foi ferido na frente da farmácia, fincado por um furão.
E não é somente esta frase que me tira do sério. Um prato de trigo para um tigre, dois pratos de trigo para dois tigres. Por favor, alguém já viu um tigre comendo trigo? Um pão francês que seja? Uma bolacha Maria? E que desperdício, com tanta gente passando fome. Podia ser: um prato de trigo para meu tio, que está desempregado faz dois anos com mulher e três filhos. Ou: um prato de trigo pra minha mãe fazer um bolo pra mim. Com cobertura de chocolate tá mãe?
Outras coisas pelas quais às vezes me flagro num resmungo interno são frases publicitárias, tais como: “Esse remédio é o bom pra gripe? Bom é, mas o marvado é esse aqui ó!”. Algumas vezes me pego criando alguns desses slogans imbecis. Aqui vão alguns:
De motel: Aqui se faz, aqui se paga.
De uma transportadora cujo dono é gay: Levo tudo na traseira.
De vibrador: By Parkinson.
De radinho à pilha: Shhhhrrrhhsssshhhhhhh.
Funerária: Só sai daqui morto!
Usina nuclear: Um olho é pouco, dois é bom, três é urânio.
Manicure: Não meta os pés pelas mãos!
Eu seria o maior sucesso no mundo da publicidade, teria até meus próprios slogans: Zé Gota, o publicitário do armário (somente para mulheres casadas). Ou: Zé Gota, cabeça diretamente proporcional às idéias. Não, essa não, pois acabariam me confundindo com a Mula-sem-cabeça, e não é bem assim, pois minha cabeça é enorme, pelo menos em relação às cabeças de outras pessoas. Mas seria pequena em relação à de um tricerátops, já que... bom, acho que é hora de encerrarmos por hoje. Eu disse que já é hora de encerrarmos por hoje. Por que você continua lendo? Está me fazendo fugir do tema. Bom, se não sai você saio eu, tchau.

3 comentários:

angelo disse...

Cara, tais pirando, porra essa foi muito boa. Parabens...
o final ficou ótimo...
"desde quando tigre como trigo"
muito legal...
flw

Marco Vicente disse...

O reitor rasgou a redação de Roger e releu a de Rui, rumou para a rua e repetiu o ritual de rir dos restos rasgados "da retardada redação do reduzido raciocínio de Roger."

Bom... gostei do slogan da usina nuclear. dos outros também. Mas mais deste, em especial.

a fama da frese do rato de Roma? deve ter sido imposição do Rei, roído de raiva pelo rato ter roído sua roupa Real.

Abraço...

vanessa disse...

haushaus vc esqceu d falar q o tigre é triste ta ligadu? (tres pratos d trigo para tres tigres tristes)
bjuss